A corrida | Esportes

Rate this post

Fraqueza dos ombros

Resultado: Postura encurvada. Correr com os ombros encurvados desperdício de energia.
Solução: Press de ombros com pressão de pernas
Agora encoste-se uma barra sobre a parte da frente dos ombros. Agáchate um pouco e impúlsate ao mesmo tempo que estende os braços por cima da cabeça. Depois, volte lentamente à posição inicial. Prende a 4 séries de 8 repetições.

Fraqueza dos músculos

Resultado: Pernas instáveis. Os glúteos estabilizar o quadril e a pelve quando se impulsas para a frente, com uma perna.
Solução: Abducciones de pé
Ponte de lado a uma polia baixa, com a perna de fora presa ao cabo por meio de uma correia. Afasta a perna do corpo tudo o que puder. Detém-se um instante e voltou de novo à posição inicial. Você deve fazer 15 repetições com cada perna.

Fraqueza dos flexores de quadril

Resultado: Joelhos baixas e pouco impulso. Reduzir o contato com o solo se torna mais rápido. Umas quadris fortes ajudam a avançar para a frente contra a gravidade.
Solução: Elevações de joelho
Engánchate um cabo de polia baixa a um tornozelo. Permaneça de costas para as placas, a uma distância aproximada de 30 cm, e levanta o joelho da perna da grelha imitando o movimento que você faria em uma corrida. Faça 3 séries de 6 repetições com cada perna.

Fraqueza nas costas central

Resultado: Ombros caídos. A má postura afeta o alinhamento do trem inferior, além de desperdiçar energia e aumentar o risco de contrair lesões. Se necessário, olhar no espelho para controlar a postura.
Solução: Remo a um braço
Sujeito um haltere por um lado com o braço pendurado na vertical. Levanta a barra em direção ao tronco, sem abrir o cotovelo. Para um instante e volta à posição inicial. Faça 4 séries de 8 repetições.

Fraqueza no tronco

Resultado: Inclinação para a frente. Se você não mantiver o centro de gravidade alinhado, te estás cansando progressivamente enquanto corre.
Solução: A ponte
Coloque-se na posição de fazer flexões de braços, mas com os antebraços apoiados no chão. Monitora a postura e não deixe que afunde costas. Aperta os músculos abdominais e mantém essa posição durante pelo menos um mínimo de 60 segundos, respirando normalmente.

Evita as lesões

Ao fazer mais quilômetros, aumentam as chances de se lesionar. Preste atenção a qualquer dor que piora com os treinos e as inflamações.

As superfícies duras e irregulares aumentam o risco de lesões persistentes como a periostitis tibial. Os quenianos, por exemplo, só correm pelo asfalto no dia da competição.

O dia da filmagem longo que hidratarte com água e bebida esportiva durante todo o percurso, a cada 4 km

Depois de correr, estica gêmeos, isquiotibiais e tendões calcáneos. Então, quadris: flexiona a perna direita de modo que o tornozelo direito se apoie sobre o joelho esquerdo. Leva o joelho esquerdo para o corpo, segure por 10 segundos e mude de perna. Faça isso três vezes vezes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *